segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

o chá de fraldas

Hello blogosfera,

Como prometido, tô aqui contando tintim por tintim sobre o tal chá de fraldas. Inicialmente fiquei com receio de postar foto e acabar sendo reconhecida por alguém lá no tio Google. Decidi deixar rolar antes que a paranoia instalasse, afinal, seria muita coincidência, né?! Se por acaso você foi o sorteado de cair aqui e me reconhecer, faça que nem os pinguins de Madagascar, apenas sorria e acene, mantendo o sigilo pra eu não ficar com vergonha.


Ps.: antes de mais nada, num tô fazendo merchan não, as pessoas aqui citadas nem sonham que eu tenho um blog.

Vamos ao que interessa... Tudo começou quando eu não queria fazer um chá. Uma amiga, que trabalha com decoração de festas, o ‘Arquitetas da Festa’, me deu um empurrão: vamos fazer, te ajudo. Juntou com a vovó: comidinha é por minha conta, e com a ajuda das titias, o chá rolou.



Quem veio?

Inicialmente tínhamos a intenção de fazer um chá maior pra todo mundo. Botando na ponta do lápis, ficaria muito caro e optamos por fazer algo mais íntimo com um toque de glamour e apenas pra mulheres. Chamamos uma média de umas 60 pessoas, com a certeza de que umas 5 no mínimo não viriam por motivos de viagem ou por morar longe. Dessas mulheres, tivemos confirmação de quase 50. Dentre mortas e feridas, salvaram-se 41 delas (que era mais ou menos o que eu estava esperando – entre 40 e 45). Choveu no dia, isso complicou um pouco.

O que servimos?

Salgados - Buffet by vovós, bisa e titia da biscoitinha. Teve fricassê da vovó, mini croissant, empadinhas da bisa, barquete, cachorro quente (pq a gente tem q meter o pé na jaca, neammm), torradinhas com pastinhas de tomate seco e alho poró (tudo feito pela vovó) e guacamole da titia;

Doces – brownie da titia, docinhos da vovó, rabanada dos titios da ‘Rabaneiros’.

Os cupcakes + bolo + biscoitinhos decorados + macarons foram encomendados.

Refri + mate + suco pra mulherada. E a parte glamour contou com espumante Rose.

E a decor?

Como a grande maioria das comidinhas, foi mão na massa. A titia do ‘Arquitetas da Festa’ dava os comandos e eu e as outras titias íamos produzindo junto. A galera do snapchat acompanhou tudim.

Teve painel de borboletas (coladas uma a uma), mudinhas de lavanda pra dar de brinde (feitas uma a uma também por nós), muitas flores (e pra achar lavanda florida nesse calor do Hell de Janeiro, minha gente? Rolou um plus de lavanda artificial pra dar um upgrade na categoria).

Metade das louças utilizadas na mesa foram da titia que trabalha com festas, e uma outra parte foi alugada.



O que pedimos?

Como optamos por sugerir marca, pedimos apenas fraldas. As marcas foram: Pampers, Mamypoko e Huggies Turma da Monica nos tamanhos P, M ou G. Ganhamos extra 2 pacotes de RN e 2 pacotes de XG.

Pensando em pacotes com 20 fraldas e pacotes com 40, fiz uma média de 30 fraldas por pessoa x 41 mulheres presentes, isso me daria algo em torno de 1230 unidades de fralda. Era o que eu imaginava ganhar.

As convidadas foram muuuuito generosas, ganhamos fraldas de excelente qualidade, e de quebra ainda rolou algum presentinho ou lenço umedecido. O total foi de: 1848 fraldas!!!! Muito acima do que eu imaginava.

Desse total, ganhamos no chá:
RN e P – 408 fraldas   /   M – 1136 fraldas   /   G e XG – 304 fraldas

Somando com as fraldas que eu já havia comprado na Black Friday, ficamos com:
RN e P – 591 fraldas   /   M – 1372 fraldas   /   G e XG – 418 fraldas

Conclusão: temos fralda M pra caramba!!!!!

Entre erros e acertos:
  • Erro no 1 – lá fui eu enlouquecida aproveitar essa tal de Black Friday com promoção de fralda (tava bom, tava ótimo) pensando que as fraldas que ganharia no chá obviamente não seriam suficientes pro primeiro ano da filhota, afinal, não estávamos convidando tanta gente assim.
  • Erro no 2 – Especifiquei em alguns (poucos) convites tamanhos P, M e G apenas para garantir. Na maioria dos convites coloquei a opção ‘Tamanho M ou G’ pra dar uma certa liberdade pra pessoa escolher. Taí meu enorme erro. Quase todas as pessoas com convite M ou G simplesmente deram fraldas M. Recebemos fralda G apenas daqueles convites que enviamos ‘Tamanho G’.
Dica: especifiquem direitinho que tamanho pedir. Façam a conta, levem em consideração o tamanho do pai e da mãe do bebê, pra evitar sobra de fralda.

Quantas usaremos?

Usando várias planilhas de pesos do bebê que peguei lá no bff Google, fiz uma estimativa de quantas fraldas minha bebê usaria em seu primeiro ano de vida

Tamanho RN/XP e P- são os tamanhos que mais existem variação de acordo com as marcas. A RN da Pampers é até 4,5kg, enquanto a da Huggies, até 4kg. Ganhamos um pacote de RN da Pampers Confort Sec que suporta até 6kg. Eita doidice.
O tamanho XP da Pampers suporta a mesma quantidade de quilos que o tamanho P da Huggies (6kg). Já a P da Pampers vai até 7,5kg. É pra deixar qualquer mãe doida, né?! Passei a considerar por quilos, e não mais pelo tamanho estipulado pela marca.
Então lá vamos nós: o tamanho RN acho mais precavido deixar pra comprar perto da ultima ultra, onde temos uma noção do peso do bebe, e deixar pra comprar mais após o nascimento, caso necessário. Por aqui temos 80 fraldas RN da Pampers, o suficiente para os 10 primeiros dias (levando em consideração o uso de 8 fraldas por dia). Se precisarmos de mais, papai corre pra comprar.
Tamanho XP e P – nessa fase o bebe usa em torno de 7 a 8 fraldas por dia. Fazendo uma media de 7 fraldas e com uma duração de 10 dias a 3 meses, temos uma média de 565 fraldas. Vale lembrar que vamos utilizar as fraldas de acordo com o peso indicado. Nossa bebe pode já estar usando a M da Huggies, por exemplo, enquanto ainda usa a P da Pampers.
Então, contando RN+XP+P = 645 fraldas.

Tamanho M – a maioria das marcas varia de 6 a 9,5kg. Fazendo uma média de até 9kg aproximadamente, um bebê usaria fralda M durante mais ou menos por 6 meses (dos 4 aos 10). Nessa época o bebe usa em média 6 fraldas por dia. Então, temos uma conta de 1080 fraldas.
Como recebemos muitas fraldinhas de vestir (Pampers Pants) que diz na embalagem durar de 8 até 12kg (tamanho máximo suportado pela fralda G), deixaremos para usá-las na transição entre os tamanhos M e G, e até mesmo junto com a G, pois evita desperdício das fraldas.

Tamanho G – varia entre 9 e 12kg. Pela tabela, uma menina no peso ideal chega a 12kg com quase 2 anos. Fazendo uma média, pra não ter perda, de até 18 meses, teremos 8 meses de fraldas G. Utilizando 5 fraldas por dia, daria uma média de 1200 fraldas.

Tamanho XG – optamos por não pedir nem comprar agora. Acabamos ganhando 2 pacotes. O primeiro é: a validade da fralda; o segundo porém: tem bebê magrinho ou de pernas finas que nem chegam a usar esse tamanho.

De quebra ainda vou comprar as fraldas de pano modernas, que pretendo usar quando a baby for maiorzinha e fizer cocô durinho... Mas isso é assunto pra outro post.

Mudando de assunto rapidinhozinho, como vocês já sabem, estamos indo viajar (tipo assim: agora). Fizemos uma ultima ultra nessa sexta, completando 29 semanas, pra podermos ir bem relaxados. Biscoitinha está divando com seus 1.476kg e 40cm! Continua arrasando com seus fêmures tamanho GG (vai ser comprida essa menina gente).


Boas festas pra todas, assim que eu voltar presse Brazeeel amado eu volto pro brógui também, e claro, dou tooooodas as dicas de enxoval lá na terra do tio Sam (NY pra ser mais exata).

Ps. Barriga cresceu absurdamente essas ultimas semanas!!!!! E mesmo assim, essa semana, sentadinha numa cadeira para prioridade (eram 6 cadeiras e apenas 2 ocupadas) me veio uma senhora (na faixa dos 60 anos): você está bem conservada pra ser idosa, viu?! (fiz que nem o pinguim do Madagascar rs).


Bêjo pra quem aguentou ler esse post até aqui =D

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Ilarilarilariê ô, ô, ô

ops não, errei a música...

"Hoje vai ser uma festa
Bolo e guaraná
Muito doce pra você
É o seu aniversário
Vamos festejar
E os amigos receber..."


Agora sim, tirando pelo pequeno, minúsculo e  quase imperceptível fato de que o aniversário desse blog sagitariano foi há tipo 10 dias atrás (25/11)... Mas isso é só um detalhe, né não, blogosfera?!

Quando eu comecei a escrever (veja bem, eu só escrevia listinha de mercado, e mesmo assim sempre esquecendo de algo) pensei em encontrar outras tentantes super empoderadas pra trocar figurinhas sobre esse assunto Voldemort.


Minha intenção era acabar com o blog depois do positivo. Gente que ilusão a minha. Que mente pequena.

Como já disse antes por aqui, esse meu tempo como desejante/ tentante foi maravilhoso, conheci meu corpo como nunca, entendi o tempo dele, respeitei tanta coisa. Fora que estou adorando escrever e também acompanhar vocês por aqui. Já faz parte de mim (e da biscoitinha).

Esse post foi vapt vupt só pra não passar em branco e pra dizer que vai ter bolo sim! Agora vou correr pq tenho pilates, e esses foram os 15 minutinhos de folga que consegui!

ahh... e teve o chá =)
a galera do snapchat acompanhou. Foi super legal.
Em breve faço um post testamento contando tudo.

beeeeejo

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

"e quando chega o sexto...

... todo mundo já vê que você não anda sozinha"


Há 25 semanas e uns dias biscoitinha mora comigo. Hoje nós estamos assim:


Sentae, sinta-se em casa que eu vou passar um café...

Essa fase VIP da gravidez não é tão VIP assim como eu imaginava, mas com certeza está bem melhor que os primeiros quatro meses. Não parece não, mas ser forninho cansa!

Estou muito mais bem disposta e emocionalmente (ok, um pouco só) mais estável.

Bebéia mexe cada vez mais forte e em horários específicos... Dia desses eu posto um dos 294729 vídeos que já fiz da minha barriga, que tem vontade própria.

Eu converso muito com ela, canto... E ela sempre me responde! Sempre chuta também quando escuta a voz do papai chegando... Eu sinto que é completamente uma conversa intra-útero (deixa eu me iludir, pfvr). Outro dia vi essa frase do Michel Odent que mexeu muito comigo:


Quem não conhece ele, pergunta pro tio google, vale muito a pena! Todo meu início de pesquisas sobre o parto natural ainda quando era tentante iniciaram nele =)

Agora vamos pro lado trollação da força, pq é com isso que o universo me move: 

Tive um problema na coluna que me fez relembrar aquela fase em que eu nadava nas lágrimas do fundo do meu poço enquanto fazia chapinha na Samara...


Melhor resumir o dilema, ou ficaremos aqui assuntando até amanhã:

Primeira comunhão da filha da minha prima + igreja lotada + chuva torrencial + eu atrasada = eu grávida em pé por quase 1 hora sem encontrar ninguém da minha família (que estava lá na frente) e ainda por cima carregando uma bolsa mega pesada com: repelente + kit primeiros socorros (sim, sou viciada em band-aid) + lanchinho de grávida + garrafinha de água + coisas de mulher... E nenhuma boa alma me cedeu lugar. NE-NHU-MA. Só fui sentar quando minha tia ILUMINADA me avistou lá atrás e veio me salvar: sua dooooida há quanto tempo vc está ai em pé?! E isso já era quase no final da missa.

Nesse mesmo dia começou a dor exatamente do lado em que eu estava carregando a bolsa! Desde então foram 2 semanas de sofrência, só no analgésico + massagem + bolsa de água quente (minha nova melhor amiga, por sinal) + exercícios específicos no pilates + paciência + chororô. Hoje estou um pouco melhor, mas vira e mexe essa dor volta pra me atormentar...

Enquanto isso, os preparativos pro chá de fraldas estão de vento em popa. Pra viagem também... Esse mês de dezembro promete.

Ah, e o quarto da biscoitinha está ficando um amor! Escolhi essa paleta de cores toda em lavanda, verde e azul:


E o povo não perde tempo: mas não é menina? Porque está usando essas cores? Vai ficar masculino!

E foi ai que eu descobri que a cor verde e a cor azul tinham pinto #ninguémmerece

Decidi ignorar. Foi pesquisando sobre lugares que eu achava bonito e me remetiam paz que pensei em campos de lavanda (por sinal quero muito conhecer e levar a biscoitinha), e através disso a paleta foi escolhida. Marido ficou um pouco preocupado com o disse-me-disse do povo, mas quando viu o projeto pronto, logo se tranquilizou.

Mas gente, tá ficando fofo, tá feminino, tá original... Espero que a dona do quarto goste

Bêjo que já assuntei demais por hoje!

domingo, 13 de novembro de 2016

Ultra morfológica de uma baby adorável

Oi, eu sou a biscoitinha  


“I never thought through love we'd be
Making one as lovely as she
But isn't she lovely made from love”

Gente, vim aqui C O R R E N D O só pra mostrar pra vocês a ultra morfológia feita ontem, com 23 semanas. Bebéia cooperou e se mostrou todinha! Mamãe ficou prá lá de emocionada e papai todo bobo. Tem como se conter com tamanha formosura?!

Dizem por ai que a ultrassonografia morfológica, feita da 20ª até a 24ª semana, é a mais importante de todas, pois avalia cada partezinha do bebê, incluindo seus órgãos internos. Optamos por fazer com 23 semanas por recomendação da própria médica da ultra (fazemos sempre os ultrassons com a mesma médica desde a semana 8, uma fofa), pois daria pra ver com mais perfeição os traços do bebê.

Ela está cefálica, encolhidinha (como sempre), tem 29 cm e pesa 578 gramas. O corpinho está à direita e os pés e mãos à esquerda, onde eu sinto os chutes mais fortes. A médica disse que ela é bem longilínea que nem a mamãe e o papai (temos 1,70m e 1,85m, não tinha como ser diferente né)... A placenta continua meio anterior/ meio posterior (fazendo o formato de um U de cabeça pra baixo bem no topo do útero, onde está o bumbum dela). Nessa ultra a data provável de parto antecipou para o dia 06/03. Oremos pra biscoitinha não decidir vir em pleno carnaval #socorro.

Perguntei pra médica se eu poderia morar ali no consultório dela, fazer parte do mobiliário, da decoração... Só pra poder fazer uma ultra todo dia! Ela riu, acho que não sacou que eu tava falando sério =D

pfvr não custa nada, deixa eu morar ai!!!!
Mandei no snapchat um videozinho dela bocejando que não sei se vai carregar aqui. Posso mandar de novo pra quem ainda não viu...

video

Deu pra matar um pouquinho da saudade que estávamos! Que venha a próxima (com 28 semanas, pré-viagem).


Bêjo pra quem é de bêjo, abraço pra quem é de abraço e um queijo pra quem é de queijo.


quarta-feira, 9 de novembro de 2016

You know you twist, little girl

Hello galera animada,

Hoje eu ia fazer um mega post sobre fralda, chá e afins... Tudo que deixa qualquer gestante meio confusa ou perdida. Achei melhor falar sobre isso no pós chá, que ai eu já conto sobre os erros e acertos, sobre o que pedi/ o que ganhei, o que rolou, o que valeu...

Enquanto o chá não vem, vamos assuntar...

De uns tempos pra cá, os movimentos da biscoitinha estão bem mais nítidos, fortes e tem até horário, principalmente após a semana 20. Outro dia ela deu uma festa rave no meu útero bem de madrugada. Foi batidão pesado até o sol raiar.
Reparei que quando eu estou relaxada, deitada na cama ou sentada trabalhando ela mexe muito. Sabe aquele trabalho em que você tem que pensar, mas quando já está tudo definido é mais ‘mão na massa’ do que qualquer outra coisa? Ai você vai fazendo e sua mente vai viajando, tentando lembrar qual era aquela comida que você tanto gostava na infância mas não lembra de jeito nenhum, ou qual é o nome daquele filme que acontece não sei o que... Pois é, de vez em quando dá pra viajar legal fazendo o que eu faço! As vezes rola até post mental pro blog (Deus está de prova sobre quantos posts eu já perdi por ter uma mente esquecedora).

Pois é, é ali que biscoitinha decide dar o ar da graça. Um ser humaninho levemente possessivo: ‘ei, não viaja não, pensa em mim, EM MIM’. Ela pode, néammmm?!

Agora, quando minha vida tem aquele ‘QUÊ’ de adrenalina, ai biscoitinha some, faz a estátua! Quando eu tô resolvendo pepino ou dirigindo: estátua. Dizem que o bebê dorme com o movimento do carro, mas acho que no meu caso, como eu não sou muito boa de roda e minha mente foca no: ‘não posso bater, não posso atropelar ninguém’, acho que é mais pela tensão e medo mesmo. Tadinha da bichinha...
Por falar em adrenalina, essa semana aconteceu uma que valeu por uns meses. Sabe quando vc acorda e está sozinha em casa, ai você se depara com uma inundação na sua cozinha (sério gente, dava pra fazer nado sincronizado ali) e se desespera levemente?! Pois é, essa era eu! Primeiro fui tentar resolver o problema, que era no filtro, afinal, focar no meio ambiente né... Depois fui tentar escoar esse mar que já irradiava pra minha sala... Era eu, o senhor rodo, e uns amiguim panos de chão. Enquanto eu estava lá descascando aquele abacaxi, aparece minha gata toda serelepe me chamando: olha o que eu fiz, olha o que eu fiz... Fui lá ver o que a bichana queria (cas meia tudo molhada, patinhando a casa toda, coisa básica)!

eu na cozinha
AI MEU DEUS TEM UM DINOSSAURO NO MEU BANHEIRO. Esse foi #ÓBVIO o pensamento do momento.

Mandei uma mensagem pro marido dizendo ‘socorroooo’ e seguida da foto de um passarinho (sim gente, um fofo de um passarinho) no tapete do banheiro, deitadinho. Óbvio que por trollação do universo, a foto só foi recebida meia hora depois das minhas palavras bastante calmas, e, até lá, Marido já havia enfartado a caminho do trabalho.

Na hora me veio a lembrança de todas as pessoas do mundo falando: cuidado com a toxoplasmose, olha lá ein... E das minhas respostas: nossa gatinha não sai de casa, é vacinada e blablabla, só come ração. Ela só pegaria se estivesse se alimentando de insetos, lagartixas, aves ou carnes cruas. É muito mais fácil a gente pegar toxoplasmose através de verduras e legumes mal lavados, fora que eu teria que estar em contato direto com as fezes dela.

AVES, AVES AVEEEEES. Agora visualizem o medo:
  1. minha gatinha estraçalhou o pássaro que até então estava infectado e passou toxoplasmose pra ela, que vai passar toxoplasmose pra mim (por telepatia, né, só pode);
  2. tem um passarinho morto cas tripas pra fora no meio do tapete do banheiro (não tive coragem de averiguar);
  3. NÃO SOBREVIVEREI PRA CONTAR A HISTORIA, NÃO TENHO FORÇAS.
Até ali eu já havia fechado a porta do banheiro com o passarinho lá dentro, sem averiguar se estava vivo, e trancado a gatinha no outro quarto. Enquanto isso, minha mãe, que mora a uns 5km de mim, veio ‘me salvar’ (não me orgulho disso gente, não me orgulho).

Nesse meio tempo o fofo do passarinho piou, cantou, fez o feliz... Minha mãe chegou, pegou o passarinho (que não estava machucado grazadeus) deu aguinha pra ele e soltou o bicho na varanda, que voou feliz por ai...

Historia simples para uma não gravida, mas muitíssimo da cabeluda para uma gestante neurótica. Deu pra visualizar o nível de loucura da pessoa?


A parte boa foi que sobrevivemos. Todos nós: A gatinha (que foi fofa, só pegou e não matou o bichinho), a grávida, a biscoitinha e o passarinho.

Ah, esse sábado temos a ultra morfológica, com 23 semanas =)

Volto logo logo pra contar... bejo e não pensem que eu sou maluca

terça-feira, 1 de novembro de 2016

a fase vip

Bom dia com 21 semanas e meia e uma bebéia do tamanho de uma cenoura =D

Recapitulando o post passado: fui na endócrino (prêmio fofura do ano vai pra ela, bêjo), que me examinou de cabo a rabo e desconfiou se era mesmo o tal do hipertireoidismo que eu tinha. E não era. Ela me passou uns exames e grazadeus estava tudo se normalizando. A explicação foi que a própria hiperêmese causou essa breve instabilidade no TSH (vale lembrar que o TS4 e TS3 se mantiveram em níveis normais a todo o momento). 

Acho que (finalmente) entrei na fase VIP da gravidez! Agora é sósucesso \o/


Mudando de assunto: Aula de pilates... Tô amando.

Primeiro que a dor na lombar está começando a dar o ar da graça e o pilates fortalece bastante essa área e a pelve. Mas já?! Esse cotoco que vc chama de barriga já te dá dor nas costas? É blogosfera, já!

Os exercícios são bem específicos pra gestante e a professora é bem experiente. Faço tanto aparelhos quanto solo, com muito alongamento também.

Faço junto com uma outra moça. Parecia gente fina, mas me aconselhou a desovar meu gato por conta da gravidez. Vê se pode?! Ainda disse que minha barriga era MÍNIMA pra 5 meses. Sinto que essa môoooça ta pedindo pra virar meu desafeto. Aguardaremos as cenas do próximo capítulo...

olhaqueeee ô garota
Por falar em barriga, a minha cresceu níveis estratosféricos e estou começando a inchar. As pessoas dizem que não, que ´só tenho barriga´, mas conheço bem meu corpo e sei que ele está diferente, principalmente nas pernas finas de cambito que eu tenho. Em breve farei cosplay de boneco Michelin...  Tô nem ai #mentira! Prometi a mim mesma que não vou surtar por isso, o importante é a biscoitinha estar bem e eu me alimentar direitinho... É tempo de gestar!
Eu, em breve...
A bola da vez agora é: fazer ou não um chá de bebê/ fraldas?

Optamos pelo chá de fraldas mas, botando no papel, não vale a pena. O dinheiro gasto com decoração, docinho, comidinhas, salão... Acaba sendo muito mais alto que o arrecadado em fraldas. O chá é mais um evento pra curtir com pessoas íntimas e amigas nessa fase especial que é a gravidez. Não dá pra pensar em valores, dificilmente vai fechar (a menos que seus convidados sejam coleguinhas do Silvio Santos e distribuam fraldas caras como aviõezinhos de dinheiro).


 E agora a questão é: pedir ou não marca de fralda?

Eu já fui a chá em que não pediram nem tamanho, já fui a outros que pediram algumas marcas como sugestão e já fui em alguns que especificavam exatamente a fralda que queriam: fralda X da cor tal. Eu costumo levar também algum item de higiene, como lenço umedecido, mas optei por não pedir no meu chá. 

Fiz uma listinha minuciosa pesquisando na internet sobre tamanhos e marcas. Perguntei pra mamães que conheço e até pra mamães que encontrei na farmácia na sessão de bebês (meu novo hobby: sessão de bebes em mercado e farmácia, vou só pra sentir o cheirinho de fofura)...

‘Oii tudo bem? Que lindo seu filho... me conta sobre fraldas?’

Pensem uma pessoa cara de pau? Sou eu... Quedê o óleo de peroba, pfvr????

Marido acha importante colocarmos 3 marcas de nossa preferência. Próximo post conto tudim que li por ai: de quantos tamanhos pedir, do que está bombando no bumbum dos bebês... Sem mais delongas pq esse post aqui já está se transformando em um livro inteiro.

Bêjo da cara de pau e da filhota espoleta  

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

à flor da pele

Bom tardje blogosfera,

Guentaê que tô passando o aspirador de pó pra ver se tiro essa poeira toda que ficou por aqui... Faz tempo que não apareço e notícia é o que não falta. Vê se pode eu aqui sem entrar e perdendo os altos papos rolando?! Teve até positivo da amiga Giu... E eu aqui comendo mosca!


Na verdade eu escrevi pra caramba, tá tudo ali o bloquinho na cabeceira da cama... Vocês não leram lá não?! Vamos para o que interessa...

Primeiro de tudo, há uma barriga considerável em meu corpo. Biscoitinha cresceu e apareceu. Até a moça do caixa perguntou pra quando era o meu bebê. Visualizem o nível de satisfação da pessoa: pela primeira vez repararam que eu não ando mais sozinha sem eu precisar contar ‘ah é que eu tô grávida’. Sintam a felicidade. TODA-A-FELICIDADE.

Segundo de tudo: descobrimos o porquê desses meus enjoos malucos ainda persistirem em tamanho avanço da gravidez. Numa das consultas, G.O. Maravilha desconfiou de alguma alteração na tireoide e, há umas 3 semanas, eu fiz o exame. Pimba, TSH baixo.

Parece que quando TSH está baixo, a tireoide está aloka alucinada trabalhando ininterruptamente, causando assim o HIPERTIREOIDISMO.

Após o pânico que se instaurou nessa pessoa só um pouco neurótica, G.O. me acalmou, disse que o hipertireoidismo não afeta diretamente o bebê, e que, se fosse hipotireoidismo, ai sim seria mais preocupante. Como eu nunca apresentei nada, nem mesmo nos outros exames, meu caso é de hipertireoidismo causado pelo excesso de hormônio HCG no corpo, que tende a se normalizar a partir da segunda metade da gravidez. OREMOS.

Agora o que esse tal de hipertireoidismo na primeira metade da gestação causa? Acertou quem disse ‘hiperêmese gravídica’, que causa: enjoos fortes e persistentes, perda ou dificuldade em ganhar peso na gravidez, uma fadiga horrorosa, dificuldade de seguir com a rotina, remédios específicos não solucionam o problema (como do Dramin e do Meclin) e a gestante sofrida precisa recorrer a remédios mais fortes (Vonau te amo). Em alguns casos a mulher fica tão mal que precisa até ser internada pra não sofrer de desidratação, que foi o caso da princesa Kate Middleton.

Eu poderia ter copiado o glamour, eu poderia ter copiado a riqueza, eu poderia ter copiado o look... mas não, copiei a doença mesmo. Glorioso. Bêjo pra você que, assim como eu, tem um pé lá na realeza. Divei.


Terceiro de tudo, recuperei meu peso de antes da gravidez. Engordar, engordar mesmo, ainda não está rolando, mas tô melhor. Dias ótimos, dias sofridos e a gente vai seguindo, sempre com o Vonau amigo e com um sorriso no rosto.

Êpa, sorriso no rosto? ILUDIDA. Essa fabricadora de pessoas aqui está à flor da pele. Muito feliz, muito triste, muito emocionada, muito mexida, muito raivosa, muito grata, muito chorona, muito esquecida... Resumindo: muito sensível. Tudo na gravidez vem elevado à quinta potência.

Gente, só um pequeno exemplo do que eu estou querendo dizer. Outro dia estava assistindo a um campeonato. Tocou o hino nacional. Biscoitinha mexeu. Eu com lágrima nos olhos: ai que lindo Biscoitinha mexendo com o hino. Ai como nosso hino é lindo. E ai cai uma lágrima. E ai eu errei a letra. Como assim eu erro a letra que sei de cór e salteado. Isso nunca aconteceu. E ai cai outra lágrima, dessa vez de vergonha. Ai eu lembro ‘como eu sou ridícula, tô chorando pq o hino é lindo, pq bebê está mexendo e pq errei a letra’. Nessa hora a coisa toda desandou e eu já estava fazendo cosplay da Vanusa cantando o hino em plena assembleia:



Pra quem não tem paciência, o fail começa nos 2:20 do vídeo, e daí é ladeira abaixo.

Ah, amanhã completaremos 19 semanas =)

Volto (em breve, juro) com foto da barriga crescida.


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

chega de saudade

“A realidade é que sem ela
Não há paz não há beleza...”

Morri de saudade da minha biscoitinha e ponto. Não me julguem. Sabatiquei + melancoliei essa semana!

Vou me explicar...

Estava tudo tranquilo do lado de cá. Biscoitinha tava toda atlética fazendo bolinhas na barriga da mamãe (galera do snapchat viu isso). E aquela duvida: será bebê? Serão gases? Confundir bebê com gases, nada glorioso, mas é a vida né blogosfera. Com 15 semanas e uns quebrados foi oficial: é minha pipoquinha! Cá estou eu sentindo borboletinhas e peixinhos na barriga. É tão leve, tão discreto, exige tanta concentração... Mas é tão, tão emocionante =)

Voltando ao início da conversa, tive uma semana complicada. Iniciando com um namoro nada inocente do final de semana. No meio do ato saiu um tiquinhosinho de sangue. Bem pouco, e só percebi pq o marido viu, mas foi o suficiente pra me deixar encucada. Fiz o teste do cotonete, não saiu nada e não era no colo do útero, era algo mais externo. Me joguei com força no google e li que a área da vagina fica bastante vascularizada na gravidez e isso pode acontecer. Se for em pequena quantidade e não vier acompanhado de dor/cólica, não deveria me preocupar. Mas veja lá se uma grávida não se preocuparia com uma coisa dessas?

Passado esse pequeno estresse, fomos dormir. Tive um pesadelo HORROROSO, em que presenciava um assassinado! Lá fui eu pro google. O significado dos sonhos dizia: vem notícia ruim por ai. Pronto, lá fui eu entrar em paranoia. Não tem erro, meus sonhos e eu temos uma conexão muito forte.

Pouco tempo depois recebi uma notícia péssima, que me abalou demais! Uma amiga de longa data, hoje não somos tão próximas, perdeu o bebê no nono mês de gravidez. Ela sabia da minha gravidez (descobriu através de um amigo nosso em comum e veio me parabenizar) e eu sabia da dela através do Facebook. Chegamos a conversar algumas poucas vezes sobre parto e cuidados com a gestação. 

Eu não consegui acreditar, aquilo mexeu muito comigo. Chorei por ela, como se a dor fosse um pouco minha também. Não se sabe o porquê do ocorrido. Além de ter que lidar com a dor da perda, tem que se preocupar com funeral e enterro. É nessas horas que fazemos todas as preguntas que nunca serão respondidas =(

Marido viu o quanto me abalei. Sugeriu que fizéssemos uma ultra de 16 semanas, por conta própria, sem pedido médico, só pra relaxar e ver nossa bebê. Eu concordei, claro, a saudade era muita e eu estava tão preocupada... Foi a melhor coisa que poderíamos ter feito. Aqui está nossa biscoitinha pra lá de sapeca (mais uma vez não parou quieta) =)

16 semanas de muito amor
 Sobre o post passado, ainda não divulgamos nada em redes sociais e nem sabemos se vamos... Tenho certeza de que quando acontecer (e se acontecer) será por conta de alguma vontade momentânea, um desejo urgente de postar alguma foto fofa. O mais importante de tudo é: minha bebê está bem e aqui em mim, precisamos celebrar a cada momento, sempre com pensamento positivo


Agora quero ver eu me segurar até a próxima ultra, com 23 semanas... SOCORRO!

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Assuntando...

Visualizem a cena: eu acordado o marido as 2 da manhã pra pedir vitamina de abacate. Maravilhoso.

Essa minha vida de grávida anda muito gloriosa.

Panceps está crescendo fofamente. Tem dias que ele acorda menor, outros maior... tipo assim: hoje você vai parecer grávida, hoje não...

14 semanas
Mas quedê o tal do barrigón? Tô precisada... Magina se num vou estufar a barriga pra poder desfilar por ai! Engole essa melancia...

  
Afinal, o que (ainda) está rolando?
* Enjoos (sim, ainda)- diminuíram bem, mas ainda aparecem de vez em quando. No primeiro dia sem Vonau, quando entrei na semana 14, crente que estava abafando, vomitei o almoço todinho... Foi a última vez, já se passaram 4 dias, olha o progresso!
*Sono (tô fazendo cosplay de Bela Adormecida, pq né?!);
*Prisão de ventre;
*Fadiga + teto preto + pressão baixa (legal que quando vem, vem logo o combo);

Afinal, o que tem de novo?
*Panceps começando a aparecer;
*Mais segurança/confiança na gravidez;
*Um pouco mais de disposição (viva as vitaminas);
*Bom humor (marido agradece);
*Cabelo menos oleoso e mais bonito.

Cuidados de gestante

Ó galeram, agora é hora de propaganda 0800. Porque pra mim, o que é bom, vale a pena ser compartilhado =)

Suplemento para gestante

Inicialmente eu usava multivitamínico de gestante, o Materna. Por recomendações médicas e por conta dos meus super enjoos, parei com ele e usei até a 12 semana de gestação apenas o acido fólico. Usei o DTN FOL. Pequititinho e super fácil de engolir (pra quem, assim como eu, quase morre engasgada com aqueles comprimidos tamanho GG).

Passado o primeiro trimestre e assim que meus enjoos diminuíssem, G.O. indicou tomar o ‘Rainbow Light - Prenatal One’. Foi mais fácil achar o Nemo do que essa budega! Marido cara-de-pau pediu pro amigo dele do trabalho trazer de fora pra gente. Quando recebi, quase morri de enfarte... Era aquele comprimido XGG que eu nunca tinha visto parecido na vida. Tô tomando junto com a comida, pra descer mais fácil. As vezes uso também aquelas balinhas de algas que vende no Mundo Verde. Confesso que o danado é bom, está me dando mais disposição.

  Cremes


Estou passando no panceps, nas peitcholas (nada de mamilo ein galeram), popozão e costas. Li que passar no mamilo deixa a pele mais sensível e pode atrapalhar na amamentação. Dizem o mesmo sobre o sabonete.
Iniciei com o Bepantol Mamy. Durou 1 mês certinho usando 1x por dia. Ele é mais consistente que um creme comum, gostei bastante! Fica aquela sensação de creme recém passado por bastante tempo.
Quando o frasco estava acabando, não encontrei outro na farmácia. Acabei comprando o Mustela. Tô amando. Facílimo de espalhar e não é melecado. O preço é bem salgado (mais que o dobro do Bepantol), mas dura muitooooo... Estou usando desde o inicio de agosto e ainda está na metade bisnaga! Ou seja, a diferença de preço é proporcional a duração do produto! Recomendo os dois.

Mudando de assunto...

Quando vocês acham razoável anunciar a gravidez nas redes sociais? Marido tá doido pra ter o meu aval... 

Assim que descobrir? Depois da primeira ultra? Depois dos primeiros 3 meses (após confirmação na Translucencia Nucal)? No final da gestação? Só após o nascimento do bebê?

Minha intenção era anunciar no quarto mês, mas estou recebendo criticas de pessoas próximas pra esperar o bebe nascer! Sei não ein, sei não...


Ps. Biscoitinha continua desnomeada, mas pelos pitacos que estou recebendo, ela já teria uns 30 nomes...

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Translucência Nucal de uma baby espoleta

Boa tarde pra blogosfera mais animada da interneeeeet! 

Amanhã completamos 13 semanas. UHUUUL.

Essa semana fizemos a ultrassonografia de Translucência Nucal. Tudo lindo, tudo ótimo. Bebéia está com 63mm (cabeça a nádega) de pura formosura. A DPP (data provável de parto) marcou 08/03/2017, 2 dias antes que a ultra passada. Vamos considerar a data anterior - 10/03 (que bate com o gráfico de temperatura basal). Dá um alivio tão grande saber que está tudo bem, que tô assim ó:


Essa biscoitinha está mais cheirando a pipoca do que qualquer outra coisa...
Êta menina espoleta! Não parou quieta nenhum minutinho sequer! Ficou em pé, botou a mãozinha do rosto, deu pulinhos, bocejou... A ultra 4D nem conseguiu focar direito de tão espevitada que essa menina é... Dizem que puxou a mãe =)

Taí um book bem caprichado de uma mamãe pra lá de boba... Nem nasceu e eu já amo tanto!



Obvio que antes de fazer o ultrassom, mamãe neurótica aqui recorreu ao google pra saber do que se tratava esse exame. Ele detecta anomalias e síndromes, como a de Down  (com 80 a 90% de certeza). Para ser considerada anormal, a TN deverá ter o valor superior a 2.5mm de líquido na parte de trás da cabecinha do bebê. Se o valor der igual ou superior a esse, a mamãe deverá ser submetida a outros exames. Nem sempre uma alteração significa algum tipo de problema.

imagem da internet

12 semanas e o sexo do bebê

A médica explicou que a genitália dos bebês nessa época são bem parecidas e se chama Tubérculo Genital. Nas meninas o clitóris é mais reto, quase paralelo a coluna vertebral e nos meninos faz uma angulação maior do que 30°! De qualquer forma, os médicos costumam dar certeza de 80% nesse ultrassom. Pra explicar melhor, peguei uma imagem da internet pra comparar com a imagem da nossa biscoitinha:

 

Somente depois da ultra que começamos a divulgar a informação da gravidez para os não tão próximos assim... Mas nada de rede social ainda! Os enjoos estão melhorando, eu ainda estou no vício do Vonau (ainda te amo), que me trouxe uma prisão de ventre daquelas... G.O. maravilha passou um remedim natural pra regular o intestino. É, parece que finalmente estou entrando na fase VIP da gravidez. Agora é curtir e correr pro abraço! 

Semana que vem vai ter foto da barriga, prometo!

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

como uma deeeusa você me mantéeem

Primeiro trimestre de gravidez – o que teve


Aeee hoje completamos os fatídicos 3 meses de embolotamento. Desculpem meu sumiço, mas não tive forças nem pra escrever a listinha do mercado #drama

Afinal, o que teve?

Teve vômito em local público, teve vômito na casa dos outros, teve anunciação de gravidez pós-vômito. Tudo muito Glorioso.

Fiz uma amizade fiel e verdadeira com meu vaso sanitário, isso quando eu conseguia chegar a tempo né, pq quando não dava, eu vomitava em qualquer coisa que não fosse um ser vivo. Resumindo: vomitei como se não houvesse amanhã.

Inicialmente nem queria saber de remédio e ficava só no natural, mas a coisa toda foi tomando uma proporção daquelas, e já estava rolando vômito no almoço e jantar. Fora aquela indisposição braba que estava atrapalhando meu rendimento durante o dia. E a vertigem? E o sono? E o xixi? E as aftas? 
Visualizo Biscoitinha assim

É gente, eu queria sinais de gravidez e parece que entrei na fila umas 27 vezes. Eu sentia que estava grávida, muito grávida.

Decidi me recolher à minha insignificância e rever meus conceitos. Estava na hora de pegar os remedim na mesinha de cabeceira. No inicio até ajudavam um pouco, mas nas últimas semanas Meclin e Dramin não decidiram mostrar para o que vieram. Pois é, cuspi pra cima. Tirei onda de que não iria tomar remédio e quando quis, eles que não me quiseram. E a música era:

“Tirou onda pois agora quem não quer sou eu
É... Quem não quer sou eu”

Visualizem a cena: eu, drogada de Dramin, acordando de madrugada feito um zumbi que mal conseguia andar, cutuquei o marido pedindo ajuda, ou o vômito seria ali na cama mesmo... E o marido segurando minhas madeixas enquanto eu me debruçava no vaso.

Dignidade zero.

Eu passei a perder peso (e panceps). Marido começou a ficar muito preocupado. E, a pedido dele, falei com a G.O. maravilha, que me recomendou Vonau. E eu virei uma nova mulher. E minha música passou a ser:
“Como uma deusa
Você me mantém
E as coisas que você me diz
Me levam além” 

tô divando
Vonau, eu te amo, quero construir uma relação de amor sólida e duradoura com você.

P O R R E T A é o adjetivo perfeito para ele. Eu renasci das cinzas. Tô nova, tô diva, tô engordando.

Sobre a parte natural da força, o que está me ajudando:
- água, muita água;
-água de coco (1L por dia);
- suco de acerola (polpa + água + mel pra adoçar);
- Trident (sim, chiclete tá me ajudando pra caramba).

Quanto ao suco de limão, sim, ele é divo e ajuda, mas pra quem tem gastrite como eu, causa aquela ardência, principalmente no pós vômito.

Agora vamos parar com essa nojeira toda e vamos falar de coisa boa: semana que vem tem ultrassom olê olê olá. Vai ser o tão importante ultra de 'Translucência nucal', que pode ser feito de 11 a 13 semanas completas (farei com 12 semanas + 3 dias). Eu volto pra contar, podexá...

Ps. E vocês achavam mesmo que iríamos conseguir manter segredo sobre o sexo dessa criança? CLARO que não. Cancela o chá de revelação, pq a coisa tá assim: 'oi, tô gravida!  Sabe o sexo? Sim, é uma garotinha que está vindo por ai...' pois é, deu pra segurar não!

bêjo pra quem é de bêjo 

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Oh, darling

Pois é blogosfera,

Fabrico aqui em meu forno uma futura usadora de laços 


Confesso que errei... No início não achava nada, mas na última semana me bateu uma quase certeza de que era o biscoitinho chegando... Mas bebéia desnomeada veio com tudo e chegou primeiro!

Agora temos que dar aquela repaginada nesse enxoval, pq não é só com body de seu Madruga que biscoita vai desfilar por ai. Quedê os tutus, mamãe?

Eu nunca em minha vida me vi sendo mãe de uma menina! Nunquinha mesmo. Sou daquelas que não tem paciência pra salão, eu mesma faço as minhas unhas; depilação? Em casa também (as vezes tem que dar aquelas rezas brabas antes de puxar a cera, mas mero detalhe)... E cabelo só vê tesoura 2x por ano e já está muito bom. Ah e até hoje eu passo batom meio errado. Coitada da biscoitinha.

Sempre me imaginei com um guri no sling e os outros dois correndo na frente, enquanto eu tomo meu cappuccino na santa paz de... PÁAAARA DE BATER NO SEU IRMÃO!!!!! NÃO INTERESSA QUEM COMEÇOU!!! VÃO OS DOIS VESTIR A CAMISA DA UNIÃO!!!! (quem tem irmãos sabe bem como é, eu tenho 3)


Agora cá estou eu, vendo tutorial no youtube de como fazer trança no cabelo da filha, pq assim, já tenho que me preparar né?! Não dá pra deixar Wolverina na mão...

Ahh, mas que mundo encantador esse das meninas 
Nem nasceu ainda mas já a vejo ficando mocinha e contando sobre o primeiro beijo!

Antes que eu me esqueça: só vocês sabem o sexo do bebê! Ainda penso em fazer o chá de revelação (nível ultra mega fake) pros coleguinhas... Que feio a mentira, né?! Mas quem resiste ver a carinha de todos na expectativa?

E vocês, como boas palpiteiras, ajudem a biscoitinha a encontrar um nome! As opções estão aqui do lado na enquete... Votem como se não houvesse amanhã >>>

Ah, vou postar aqui umas brincadeirinhas (das muitas) que fizemos pra adivinhar o sexo do bebe. Se é verdade ou não nem importa muito, mas que é gostoso pra caramba, ah isso é =)


Achei bem legal esse site, e dizem por ai que as chances de acerto são das grandes ein!!! É melhor do que fazer direto pela tabela, pois o site mostra exatamente a idade lunar da mamãe e da concepção.



É só colocar a idade gestacional e os batimentos.



Essa errou né?! Mas achei bem legal também! 


Não sai sem votar não. Biscoitinha precisa da sua opinião 【ツ】